quinta-feira, 26 de maio de 2011

Partida Série-Paralelo

Sistema possível para motores de 9 e/ou 12 terminais. Divide-se em dois tipos: série-paralelo triângulo, aplicável às redes de 220 V, e série-paralelo estrela, para
redes de 380 V. A partida do motor é feita com as bobinas conectadas em série, fazendo com que a tensão se divida entre elas.
           Depois que o motor atinge rotação nominal, faz-se a troca das ligações para paralelo, recebendo, assim, cada bobina a tensão total. A corrente de partida fica reduzida em quatro vezes, e o mesmo acontece com o conjugado e a potência. Assim, é extremamente recomendado fazer a partida a vazio e somente em máquinas com baixo conjugado resistente de partida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário